Saúde e natureza

O nosso cabelos, unhas e pele reflectem nossa saúde. Quando
nos alimentamos de uma forma inadequada a nossa saúde é
prejudicada, por isso uma alimentação saudável é a fonte da saúde e da juventude, ou pelo menos o retardamento da velhice.
A felicidade também está ligada à saúde. Não é raro observarmos que uma pessoa mal humorada e infeliz, normalmente está com algum problema de saúde, podendo ser do estômago,
intestinos, dores de cabeça, problemas de pele, etc... Esta pesquisa pretende encontrar soluções na natureza para problemas de saúde, assim como promover e conhecer os benefícios de plantas e outros produtos e receitas naturais.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Os benefícios do café

Dado o facto de os malefícios serem bem conhecidos (associado ao aumento do risco de doença cardíaca e dos níveis de colesterol, por ser muito rico em cafeína; poder provocar enxaquecas em pessoas sensíveis; ou o facto de o consumo exagerado pode aumentar o risco de osteoporose na mulher; entre outros), fica aqui um texto sobre os benefícios, que também existem e são mais numerosos do que possamos pensar.


O cientista Tomas De Paulis, da norte-americana Vanderbilt University Institut for Coffee Studies acaba de realizar 19 mil testes com a bebida. O resultado das pesquisas mostra que o efeito benéfico é maior do que se pensa. De Paulis diz que crianças que tomam café com leite uma vez ao dia têm menos chance de desenvolver depressão do que aquelas que não consomem a bebida.

Mas as novidades não param aí. "Quem já não ouviu falar que o consumo de café interfere na absorção do cálcio e pode acelerar a osteoporose? Ou que o café está associado a males do estômago, à agitação e pode causar dependência? O facto é que o café, também pode trazer benefícios à saúde", diz Fábio Ravaglia, presidente do Instituto de Ortopedia e Saúde e membro do corpo clínico externo do Hospital Albert Einstein e do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Tanto De Paulis quanto Ravaglia fazem parte de um grupo entusiasta de pesquisadores que têm revelado os efeitos positivos do café. Dizem que a bebida reduz o colesterol, auxilia no combate a doenças coronárianas, proporciona efeitos antidepressivos, reduz o risco do Mal de Parkinson, protege contra diabetes do tipo 2, desenvolve acção antioxidante e auxilia em processos de emagrecimento e na prevenção de alguns tipos de cancro (cólon e recto).

"Há estudos recentes, inclusive, que indicam que substâncias presentes no café podem prevenir demências e Alzheimer e que o consumo moderado e regular inibe o alcoolismo e a depressão", afirma Ravaglia. Ele observa que, no Brasil, a Fundação Zerbini assinou, em 2006, um protocolo com a Associação Brasileira da Indústria do Café para a criação da Unidade de Pesquisa Café-Coração do Incor, que até hoje tem conduzido pesquisas sobre a bebida.

Entre as novidades das pesquisas foi apontado que o café está associado a um menor risco do desenvolvimento de diabetes tipo 2, pois o café contém anti-oxidantes que ajudam a controlar o dano causado às células que contribuem para o desenvolvimento da doença. "Pessoas que bebem de quatro a seis chávenas de café (não café expresso, mas de "cafeteira") por dia têm 28% menos chances de desenvolver a doença, enquanto as que consomem uma ou duas chávenas têm maiores chances de desenvolver diabetes tipo 2", diz Ravaglia.

Ele diz que o Kaiser Permanente, instituto localizado na Califórnia, apontou, ainda, que o café ajuda a prevenir a cirrose alcoólica, doença crônica do fígado causada pelo alcoolismo. O estudo reuniu informações de 125.580 pacientes sobre o consumo de café, álcool e chá, e as comparou com registos de casos de cirrose nesses pacientes, o que demostrou que quanto maior a quantidade de café ingerido, menores as probabilidades de desenvolvimento da doença.

"A revista médica norte-americana Neurology indicou que a cafeína pode, ainda, retardar a deterioração mental em idosas. O efeito foi observado em mulheres com mais de 65 anos que consumiam mais de três chávenas de café por dia. A substância não teve o mesmo resultado nos homens. Os efeitos benéficos da bebida sobre a memória de portadores de doenças degenerativas ocorre porque a cafeína age no sistema nervoso central como um estímulo", diz o ortopedista.

Além disso, pesquisadores do Centro de Transtornos Motores, ligado ao Centro Médico da Duke University da Carolina do Norte (EUA), afirmaram que membros de famílias afectadas pelo Mal de Parkinson que fumam e bebem café em grandes quantidades têm menos probabilidades de desenvolver a doença, apesar de correrem outros riscos ao adoptar esses hábitos.

Estudos mostram que o risco cardiovascular pode diminuir com o consumo de café. Após acompanhar, por 15 anos, mais de 27 mil mulheres com idades entre 55 e 69 anos, pesquisadores noruegueses descobriram que as mulheres que bebiam de uma a três chávenas de café por dia reduziam o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares em 24% em relação àquelas que não bebiam café.

No entanto, à medida que a quantidade de ingestão do café aumentava, o benefício decrescia. Com mais de seis chávenas ao dia, o risco não era reduzido de forma significativa. Ainda sim, depois de um filtro de controle por idade, consumo de cigarros e de álcool, as mulheres que bebiam de uma a cinco chávenas ao dia reduziram o risco de morte por qualquer uma das causas em 19%.

"No momento, colocado na balança, o impacto positivo do café parece superar os eventuais impactos negativos, o que nos anima a continuar saboreando a bebida", diz Ravaglia. Mas ele avisa que o número máximo deve ser de seis chávenas por dia, para não ocorrer saturação de cafeína. "E o café feito em casa deve ser ingerido até 15 minutos depois de coado, senão a bebida oxida."


retirado de "http://www.revistacafeicultura.com.br"

sábado, 25 de julho de 2009

Emagrecer sem passar fome - alimentos que emagrecem

Este artigo deve ser lido com alguma atenção. Alguns alimentos descritos são inibidores de apetite (o que nem sempre é o mais indicado), e outros queimam calorias, ou usam gorduras acumuladas. Por isso cada um deve ser usado, ou não, conforme o contexto de cada necessidade.


Feijão

O feijão contém uma proteína que inibe naturalmente o apetite.

Pimenta

O consumo de pimenta ajuda-a a perder peso. A pimenta contém uma substância diminui o apetite.

Alface

Não contém nenhuma substância que ajuda a emagrecer, no entanto é pobre em calorias, e quando ingerida antes das refeições ajuda a controlar a gula pois ocupa muito espaço no estômago.

Amendoim

Apesar de ter muitas calorias ajuda a perder peso. O amendoim contribui para acelerar o metabolismo (coma 3 mãos cheias por dia).

Chá verde

O chá verde queima gorduras porque é rico em anti oxidantes que aceleram o metabolismo, auxiliando o organismo a queimar gorduras.

Pêra


A pêra é rica em fibra. Diminui a vontade de beliscar entre as refeições.

Azeite

A gordura monossaturada do azeite ajuda a queimar calorias.

Canela

O consumo de algumas pitadas de canela durante o dia. Isso ajuda a controlar os níveis de insulina no sangue, ou seja, afasta a fome.

Vinagre

O vinagre sacia porque contém ácido acético que diminui a velocidade com que a comida passa do estômago para o intestino. Por isso, você tem aquela sensação de “estar cheia” por mais tempo.


Agrião

O agrião contém iodo, que estimula a glândula da tiróide permitindo a combustão de gorduras acumuladas e simultaneamente purifica o sangue.

Salmão
O salmão é rico em ácidos gordos que aumentam a capacidade das células queimarem calorias.

Pepino

O pepino é difícil de digerir logo o organismo gasta mais calorias a digeri-lo do que as que este alimento fornece. O mesmo processo acontece com a beterraba, cenoura, couve-flor, maça, cebola, , melancia e brócolos.

Abacaxi

O abacaxi ajuda a controlar o apetite. Ajuda a combater a retenção de líquidos e são a causa principal do ” inchaço”.

Aipo

O aipo tem propriedades antioxidantes e diuréticas. Elimina as toxinas através da expulsão de líquidos.

Água gelada:

Beber 8 copos de água gelada por dia queima cerca de 200 calorias.


Pimenta vermelha

Acelera o metabolismo, aumenta a circulação, aumenta a temperatura do corpo e melhora a digestão.

Gengibre:

Pode ser consumido cru, refogado ou em forma de chá. Pode ainda ingerir o gengibre em batidos misturados com aipo, laranja, maçã ou qualquer outra fruta.

Ómega 3:

Pode encontrar ómega 3 em produtos como o salmão e sardinha e na semente de linhaça. O ómega 3 é também um excelente anti-inflamatório.

referências de: http://www.espacomulher.org/alimentos-que-emagrecem/

http://www.corposaudavel.info/alimentos-que-emagrecem/


truques que 3 famosas usam para AJUDAR a emagrecer

Estão sempre lindas e maravilhosas, são analisadas pormenorizadamente por isso têm de estar perfeitas, falamos das famosas, mas para elas nem sempre é fácil estar na linha, por isso, algumas optaram por truques que ajudam a manter a forma.

Cameron Diaz

cameron_diaz


Dieta dos bróculos

A loira mais desejada do mundo inclui os bróculos na sua dieta, para além de ser pouco calórico ajuda a reduzir o colesterol e a prevenir o cancro da mama.

Heidi Klum

heidi-klum

Vinagre de maça

Depois de 3 gravidezes a modelo continua linda e em forma, o segredo está no vinagre de maça que é excelente no combate às gorduras. Junte um pouco de vinagre com água e beba em jejum ou antes das refeições.

Jennifer Lopez

jennifer-lopez


Dieta da toranja

A toranja quando comida em jejum é excelente par desgastar calorias, para além de rica em vitamina C este fruto protege contra o cancro e é excelente para a pele.



tirado de: http://www.espacomulher.org/truques-das-famosas-para-emagrecer/

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Curiosidades úteis acerca de algumas frutas e legumes

Recebi este e-mail e achei que deveria ser publicado, tem algumas curiosidades úteis.

TUDO QUE PRECISAMOS EXISTE NA NATUREZA. PENA QUE ISSO NÃO SE APRENDA DESDE PEQUENOS...


Uma fatia de cenoura parece um olho humano. A pupila, íris e linhas raiadas são semelhantes ao olho humano... e SIM, a ciência agora mostra que a cenoura fortalece a circulação sanguínea e o funcionamento dos olhos.



Um tomate tem quatro câmaras e é vermelho. O coração é vermelho e têm quatro câmaras. Toda a investigação mostra que o tomate é de facto um puro alimento para o coração e circulação sanguínea.



As uvas crescem em cacho que tem a forma do coração. Cada uva assemelha-se a uma célula sanguínea e toda a investigação hoje em dia mostra que as uvas são também um alimento profundamente vitalizador para o coração e sangue.



Uma noz parece um pequeno cérebro, com hemisférios esquerdo e direito, cerebelos superiores e inferiores. Até as rugas e folhos de uma noz são semelhantes ao neo-cortex. Agora sabemos que as nozes ajudam a desenvolver mais de 3 dúzias de neurotransmissores para o funcionamento do cérebro.



Os feijões realmente curam e ajudam a manter a função renal e sim, são exactamente idênticos aos rins humanos.



O aipo, bok choy, ruibarbo e outros são idênticos a ossos.
Estes alimentos atingem especificamente a força dos ossos. Os ossos são compostos por 23% de sódio e estes alimentos têm 23% de sódio. Se não tiver sódio suficiente na sua dieta o organismo retira sódio aos ossos, deixando-os fracos. Estes alimentos reabastecem as necessidades do esqueleto.




Berinjelas, abacates e pêras ajudam à saúde e funcionamento do ventre e do cervix feminino - eles são parecidos com estes órgãos. Actualmente a investigação mostra que quando uma mulher come um abacate por semana, equilibra as hormonas, não acumula gordura indesejada na gravidez e previne cancros cervicais.
E que profundo é isto?... Demora exactamente 9 meses para um cultivar um abacate de flor a fruta. Existem mais de 14 000 componentes químicos fotolíticos em cada um destes alimentos (a ciência moderna apenas estudou e nomeou cerca de 141).




Figos estão cheios de sementes estão pendurados aos pares quando crescem. Os figos aumentam a mobilidade e aumentam os números do esperma masculino, assim como ajudam a ultrapassar a esterilidade masculina.



As batatas doces são idênticas ao pâncreas e de facto equilibram o índice glicémico de diabéticos.



Azeitonas ajudam a saúde e funcionamento dos ovários.



Toranjas, laranjas e outros citrinos assemelham-se a glândulas mamárias femininas e realmente ajudam à saúde das mamas e à circulação linfática, dentro e fora das mamas.



As cebolas parecem células do corpo. A investigação actual mostra que a cebola ajuda a limpar materiais excedentes de todas as células corporais. Até produzem lágrimas que lavam as camadas epiteliais dos olhos...

segunda-feira, 25 de maio de 2009

15 alimentos que rejuvenescem


O segredo da eterna juventude encontra-se na nossa despensa.


Basta modificarmos os nossos hábitos para vivermos mais anos e em melhores condições de saúde e bem-estar.
Neste artigo vamos falar-lhe de alimentos que, apesar de não evitarem a morte, prolongam a vida com qualidade! Na verdade, e segundo os especialistas da área de nutrição, é possível prevenir uma série de problemas com base numa alimentação correcta e equilibrada, entre eles, o cancro, problemas de ossos, de visão. Vegetais, fruta, peixe e até chocolate, são alguns dos alimentos que, para além de nos manterem saudáveis, nos dão anos de vida. Saiba, um a um, quais os alimentos que nos mantêm jovens por dentro e por fora!

1. Kiwi
cid:part1.07030506.09000406@sg.mc.gov.pt
Originário da China, contém ácido propeolítico que melhora a circulação e ajuda a combater o chamado mau colesterol (LDL). Possui também uma enzima chamada actidina que ajuda a digerir as proteínas. O seu conteúdo elevado de vitamina C ajuda a prevenir constipações. A vitamina C é um antioxidante que elimina os radicais livres e desempenha um papel fundamental no combate ao envelhecimento. Contém uma quantidade considerável de fibra, potássio, ferro, fósforo, cálcio, magnésio e crómio, que têm um papel muito importante na prevenção de doenças cardíacas.

2. Abacate
cid:part2.04080604.09050609@sg.mc.gov.pt
Tem 10 vitaminas, entre elas, a vitamina E, o ácido fólico (B9) e glutatião, um derivado proteico com acção antioxidante (combate a degeneração celular). Contém 10 ácidos gordos, dos quais cinco são mono e poli-insaturados, com destaque para o ómega-9, ómega-7, ómega-6 e ómega-3, sendo este último protector contra o cancro. Também contém sitosterol, que previne a acumulação de colesterol. Possui, para além disso, aminoácidos essenciais (arginina, fenilalanina, lisina...), fundamentais ao normal funcionamento do organismo.

3. Tomate
cid:part3.09090907.07060803@sg.mc.gov.pt
Para além de estar bem provido de vitaminas, minerais e flavonóides, contém licopeno, um dos antioxidantes mais poderosos, que lhe dá a cor vermelha e tem 'um papel antioxidante activo na degenerescência celular que conduz ao envelhecimento', explica o nutricionista Tiago Osório de Barros. Fortalece as paredes celulares, depura o organismo de substâncias tóxicas e aumenta as defesas. Previne o aparecimento de doenças do coração e dos seus vasos sanguíneos, é benéfico para a visão e melhora a saúde do sistema nervoso.

4. Presunto
cid:part4.05020103.03070002@sg.mc.gov.pt
O presunto protege o coração e reduz o colesterol, desde que não seja excessivamente gordo nem demasiado salgado. Os seus ácidos gordos monoinsaturados e o ácido oleico previnem as doenças cardiovasculares. Tem cerca de 40% de proteínas, pelo que pode substituir a carne nas refeições, sendo importante na formação da massa muscular. Tem vitamina E, um potente antioxidante. Também é rico em cobre (essencial para os ossos e cartilagens), ferro e fósforo.

5. Brócolos
cid:part5.01040508.04080309@sg.mc.gov.pt
Contem zinco que favorece a função da próstata e a qualidade do esperma. Muito ricos em luteína, reduzem ligeiramente os efeitos da degenerescência macular da idade (DMI). São ideais para grávidas, convalescentes, pessoas anémicas, etc... por causa do elevado aporte de ácido fólico e ferro. Actuam como fitoestrogénios na menopausa (tal como a soja).

6. Espinafres
cid:part6.05060105.01030808@sg.mc.gov.pt
Têm provitamina A e vitaminas C e E, todas elas antioxidantes. São uma fonte inesgotável de vitaminas do grupo B, como folatos, B2, B6, B3 e B1, que possuem uma acção anti-envelhecimento pelo seu papel como co-factores enzimáticos. Relativamente ao seu conteúdo mineral, os espinafres são ricos em ferro, magnésio, potássio, sódio, fósforo e iodo. Para além das vitaminas, são ricos noutras substâncias antioxidantes como o glutatião, os ácidos ferúlico, o cafeico e o beta-cumárico e carotenóides.

7. Soja
cid:part7.00030103.07050402@sg.mc.gov.pt
Contém vitaminas A e E, e três do grupo B (B1, B2 e B5). A vitamina ajuda a conservar os epitélios celulares, que revestem as superfícies do corpo e dos órgãos. A vitamina E tem um efeito antioxidante, combatendo os radicais livres. Possui mais minerais do que qualquer outra leguminosa, sobretudo potássio e fósforo. A relação cálcio/fósforo é essencial para uma boa estrutura óssea. O potássio tem uma importante acção a nível muscular. Ajuda a prevenir alguns tipos de cancro, sobretudo na mulher após a menopausa. Alivia os sintomas da menopausa.

8. Frutos secos
cid:part8.06000505.03090505@sg.mc.gov.ptcid:part9.01070504.09080308@sg.mc.gov.pt
Contêm proteínas (entre 14% e 19%), vitaminas do grupo B, aminoácidos, minerais, ácidos gordos poliinsaturados (nozes), ácidos gordos monoinsaturados e fibra. Segundo Tiago Osório de Barros, 'as proteínas são imprescindíveis na preservação e formação das estruturas musculares'. As amêndoas, as nozes e as avelãs são as que têm melhores propriedades antioxidantes por causa da sua maior concentração em vitaminas.

9. Chocolate preto
cid:part10.02070007.02050603@sg.mc.gov.pt
Tem uma grande actividade antioxidante graças aos seus flavonóides, combatendo os sinais do envelhecimento. Beneficia a dilatação das artérias e o aumento do seu diâmetro. Para além disso, diminui a rigidez aórtica em cerca de 7%. Actua como um antiplaquetário eficaz, prevenindo a formação de trombos. Estimula as funções cerebrais graças à fenetilamina, um alcalóide que actua como neurotransmissor cerebral.

10. Alho
cid:part11.01060409.07080302@sg.mc.gov.pt
Tem propriedades anti-sépticas, antifúngicas e antimicrobianas, melhorando a resposta a vírus, bactérias e fungos. Tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, contribuindo para reduzir o envelhecimento e a degeneração celular, que está na origem de alguns tipos de cancro. Ajuda a reduzir os níveis elevados de pressão arterial. Reduz o chamado mau colesterol (LDL), aumenta o colesterol bom e previne problemas de disfunção eréctil no homem.

11. Azeite virgem (e azeitonas)
cid:part12.02020700.01010703@sg.mc.gov.pt
Tem um alto teor de ácido oleico, uma gordura monosaturada rica em vitaminas A, D, K e, especialmente, em E, que actuam como antioxidantes. Reduz o risco de doenças cardiovasculares e controla a tensão arterial. Favorece a absorção de cálcio, fósforo, magnésio e zinco, tendo por isso um papel importante ao nível da formação e manutenção de ossos fortes e saudáveis.

12. Peixe azul
cid:part13.02040507.06080405@sg.mc.gov.pt
Peixe azul - exemplos: atum, sardinha, truta, salmão, arenque, cavala, enguia.
Prolonga a vida das nossas artérias graças aos seus ácidos polinsaturados (sobretudo o ómega-3), muito benéficos para o sistema cardiovascular. É rico em minerais e vitaminas, tendo, portanto, uma boa acção antioxidante. Tem um único senão: as espécies provenientes de águas poluídas (sobretudo as que andam menos à superfície) contêm mercúrio, um metal pesado que se for ingerido de forma crónica é prejudicial para o organismo. O mais recomendável é ingerir peixe entre quatro a cinco vezes por semana e variar o mais possível as espécies: cavala, sardinhas, salmão, atum, truta, anchovas, arenque...

13. Chá verde
cid:part14.05010406.02030609@sg.mc.gov.pt
Esta bebida é apreciada há mais de 5.000 anos nas culturas orientais. É rica em polifenóis, bioflavonóides e vitaminas A, C e E, o que a torna num elixir antioxidante e anticancerígeno. Reforça o sistema imunitário, protegendo o organismo de bactérias e vírus prejudiciais. Ajuda a reduzir a gordura corporal e previne as doenças cardíacas. Regula o nível de colesterol.

14. Mel
cid:part15.00080703.03050505@sg.mc.gov.pt
Os seus minerais são assimilados directamente e contribuem para a manutenção do esqueleto (cálcio) e para a regeneração do sangue (ferro). Tem um alto poder nutritivo, pelo que é um substituto ideal do açúcar industrial ou refinado. As suas enzimas facilitam a boa assimilação de outros alimentos. É um bom remédio contra a fadiga, pelo fornecimento de hidratos de carbono de absorção rápida e pela fácil reposição das reservas gastas.

15. Cebola
cid:part16.01090805.02080505@sg.mc.gov.pt
É uma boa fonte de fibra, vitaminas e minerais, essenciais para o bom funcionamento do organismo. É rica em compostos enxofrados, que fazem parte do seu óleo essencial e que actuam sobre as vias respiratórias, melhorando a expectoração. Para além das vitaminas C e E, contém flavonóides, entre os quais se destacam as antocianinas e a quercetina, todos eles compostos antioxidantes.



Texto: Madalena Alçada Baptista
Revisão científica: Dr. Tiago Osório de Barros (nutricionista no Espaço Qualidade e Saúde, em Lisboa)

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Tratar celulite com uma dieta saudável e sutentada


É possível tratar da celulite e preveni-la com uma dieta saudável.

A nutricionista Patrícia Davidson Haiat, do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional, destaca que, enquanto alguns alimentos ajudam a melhorar o aspecto da celulite, outros são um veneno para o organismo. Isso porque, durante o processo de digestão, eles liberam substâncias que sobrecarregam e inflamam as células do corpo. Destacam-se, dos seus estudos, alguns conselhos:

- Procure comer diariamente leguminosas como feijão, lentilhas ou grão de bico, que são bons substitutos para o arroz, a batata e a massa, e ajudam a manter os níveis de insulina equilibrados, evitando que as células fiquem inflamadas e virem celulite. A nutricionista lembra que as leguminosas são ricas em fibras que ajudam a regular o intestino.

- Prefira vegetais como brócolos, couve flor, couves, rúcula, folhas de mostarda e rabanete. Eles têm propriedades que estimulam a circulação sanguínea e linfática. Mas atenção, o ideal é que eles sejam cozidos no vapor até três minutos, senão perdem o poder curativo.

- Tempere seus pratos com canela, açafrão, cravo, noz moscada, louro, malaguetas, pimenta, orégãos, salsa, alecrim, hortelã, alho e limão. Diferentemente do sal, do açúcar e dos adoçantes, eles possuem acção anti-inflamatória e antioxidante.

“O salmão é um aliado pois é rico numa substância que melhora o tecido muscular”

- Beba no mínimo dois litros de água por dia, de preferência fora das refeições. Quando o corpo está desidratado, nosso metabolismo cai em cerca de 3%. Evite os refrigerantes, sumos de pacote ou lata, mesmo nas versões dietéticas, já que contêm aditivos químicos, que sobrecarregam nosso organismo gerando mais inflamação. No lugar das bebidas industrializadas, aumente o consumo de sumo de limão (a nossa limonada), melão e melancia, assim como chá verde (duas chávenas por dia) para melhorar a circulação linfática e reduzir o acumular de líquidos no corpo.

- Frutas vermelhas como cerejas, amoras, uvas pretas, framboesa e morangos contêm uma substância que ajuda a fortalecer os vasos sanguíneos e linfáticos. Consuma proteínas magras de boa qualidade. O salmão é um aliado pois é rico numa substância que melhora o tecido muscular.

- Faça uma massagem de corpo inteiro uma vez por semana, ou, pelo menos, nas zonas mais afectadas, ou onde pretende prevenir, consoante o caso. A massagem, mesmo de relaxamento, facilita a circulação sanguinea e linfática, ajudando a eliminar melhor os agentes indesejáveis.

- As gorduras “boas” também ajudam a "desinflamar" o organismo. Elas estão presentes no óleo e na farinha de linhaça, no azeite extra virgem, nas amêndoas, castanhas, abacate, azeitona. Além disso, as gorduras boas fortalecem as membranas celulares (impedindo que elas fiquem no formato irregular que leva à celulite) e estimulam a produção de colágeno, essencial para manter a pele firme.

- Risque da ementa os doces, massas e pão feito com farinha branca, fritos, queijos amarelos, embutidos e produtos industrializados com gordura hidrogenada e/ou adoçantes artificiais e/ou xarope de milho.


fonte:http://videosespetaculares.com/tratar-a-celulite-com-alimentos-ja-e-uma-realidade-saiba-mais

terça-feira, 19 de maio de 2009

*Cura do Cancro!*

Um médico italiano descobriu algo simples que considera a causa do Cancro. Inicialmente banido da comunidade médica italiana, foi aplaudido de pé na Associação Americana contra o Cancro quando apresentou a sua terapia. O médico observou que todos os doentes com Cancro têm aftas. Isso já era do conhecimento da comunidade médica, mas sempre foi tratada como uma infecção oportunista por fungos - *Candida albicans*. Esse médico achou muito estranho que todos os tipo de Cancro tivessem essa característica, ou seja, vários são os tipos de tumores mas todos têm em comum o aparecimento das famosas aftas no doente.
Então, pode estar ocorrendo o contrário - pensou ele.
A causa do Cancro pode ser o fungo. E, para tratar esse fungo, usa-se o medicamento mais simples que a humanidade conhece: *bicarbonato de sódio*.
Assim ele começou a tratar os seus pacientes com bicarbonato de sódio, não apenas ingerível, mas metódicamente controlado sobre os tumores. Resultados surpreendentes começaram a acontecer. Tumores de pulmão, próstata e intestinos desapareciam como num passe de mágica, junto com as Aftas!
Desta forma, muitos pacientes de Cancro foram curados e hoje comprovam com os seus exames os resultados altamente positivos do tratamento. Para quem se
interessar mais pelo assunto, siga o link (em inglês): não deixem de ver o video, no link abaixo.O médico fala em italiano, mas tem legendas em português.-----
Lá estão os métodos utilizados para aplicação do *bicarbonado de sódio*sobre os tumores. Quaisquer tumores podem ser curados com este tratamento simples e barato. Parece brincadeira, não é? Mas foi notícia nos EUA e nunca chegou cá (para variar). Bem que o livro de Homeopatia recomenda tratar tumores com Borax, que é o remédio Homeopático para as aftas. Afinal, uma boa notícia no meio de tantas más.
De novo, a pergunta que não quer calar: por que é que a grande imprensa não dá maior cobertura a isto? Nem na TV, nem nas rádios, nem nos jornais de grande tiragem... Absolutamente nada. Quem os proíbe de noticiar? O médico teve que construir o seu próprio site para poder divulgar o seu trabalho de curar o Cancro (ou, pelo menos, várias das suas formas), usando apenas uma solução de *bicarbonato de sódio a 20%.* Imaginem! Bicarbonato de sódio, uma coisa que nós encontramos em qualquer farmácia ou drogaria de esquina.
Neste link está o vídeo, aonde o médico italiano mostra a evolução do tratamento de 4 casos até á sua completa cura:
http://www.cancer-fungus.com/sub-v1pt/sub-pt.html
Se quiser ver em português, vá a este site e basta clicar nas bandeirinhas no alto da página e muda para o idioma pretendido:
http://www.cancerfungus.com/simoncini-cancro-fungo.php#<http://www.cancerfungus.com/simoncini-cancro-fungo.php>
Certamente que os Laboratórios não estão interessados em que esta noticia se espalhe, afinal de contas lá se vão os grandes lucros nos medicamentos que eles fabricam para uma doença tão grave que pode ser curada simplesmente com *bicarbonato de sódio a 20% que custa uns simples cêntimos.*

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Dores de dentes


“Até hoje não houve filósofo que padecesse pacientemente de uma dor de dente". Shakespeare estava certo. Não é fácil suportar a dor de dente. A boa notícia é: com os cuidados dentários actuais e checkups regulares, a torturante dor de dente não já não é tão comum quanto antigamente. No entanto, sentir qualquer dor nos dentes é um sinal que não deve ser ignorado, mesmo que desapareça sozinha.

As dores de dentes podem variar. Talvez a mais comum seja uma dor fraca causada por dentes sensíveis. Você come ou bebe algo quente, frio ou doce e sente uma pontada momentânea. Algumas pessoas sentem dor devido a problemas de sinusite. Isto acontece quando a dor limita-se aos dentes superiores e muitos deles são afectados ao mesmo tempo.

Tratamentos dentários recentes também podem deixar os dentes sensíveis a mudanças de temperatura por algumas semanas.

No entanto, alguns tipos de dor precisam da atenção imediata do dentista. Se você sentir uma dor forte quando morder, por exemplo, pode ser que tenha uma cárie, obturação solta, dente quebrado ou polpa danificada (tecido interno do dente que contém vasos sanguíneos e nervos). A dor que permanece por mais de 30 minutos depois de comer comidas quentes ou frias também pode indicar dano na polpa, causada por cáries profundas ou traumas no dente. A dor de dente clássica, com dores fortes e constantes, inchaço e sensibilidade, é definitivamente um mau sinal.

Se um dente dói a ponto de você não conseguir dormir ou interfere no seu dia-a-dia normal, é hora de ligar para o dentista. O problema pode ser um abscesso dentário, que ocorre quando a polpa do dente morre, resultando em uma infecção que pode se espalhar para a gengiva e até mesmo para o osso.

É por isso que, deixar o dentista para depois, em casos de dor de dente pode não ser recomendável. Mas se for 3 da manhã ou um domingo à tarde, você pode tomar as medidas temporárias a seguir para lidar com a dor até poder ir ao dentista.


Use óleo de cravos - você pode comprá-lo numa farmácia. Siga as instruções de uso cuidadosamente, pois ingerir muito óleo pode causar envenenamento. Certifique-se de colocá-lo apenas no dente e NÃO na gengiva, senão o ardor que sentir vai fazer você esquecer da dor de dente em pouco tempo. Lembre-se de que o óleo de cravos não vai curar a dor de dente, apenas anestesiar o nervo temporariamente.

Diminua o inchaço - coloque uma compressa fria na bochecha se a dor de dente causar inchaço.

Alivie a dor - deixar um cubo de gelo ou água gelada na boca pode aliviar a dor. Pule esta opção se perceber que isto simplesmente aumenta ainda mais a sensibilidade.

Mantenha a cabeça elevada - elevar a cabeça diminui a pressão na área e pode reduzir a dor latejante.

Bocheche - a água não vai levar a dor embora (apesar deste ser um pensamento agradável), mas você pode bochechar água quente para remover qualquer resto de comida que pode estar a causar ou piorar a dor (e mesmo a água quente alivia diversas dores por si só). Um pedaço de comida que fica preso na gengiva pode doer tanto quanto polpa danificada. Misture uma colher de chá de sal em um copo de água quente e faça bochechos, expelindo a água em seguida. Repita quantas vezes achar melhor.

Use fio dental - não, não é um remédio, mas usar o fio dental é outra maneira de remover os restos de comida que podem estar presos. A ponta de borracha da sua escova ou um palito de dentes (se usado com cuidado) ajudam a remover a comida também.

Tenha cuidado com comidas quentes, frias ou doces - elas podem piorar a dor e a sensibilidade.

Coloque gaze - se o dente ficar sensível ao ar, cubra-o com gaze ou com um pequeno pedaço de cera dental (disponível em muitas farmácias).

Exposição ao sol: a exposição de dentes e gengivas directamente à luz do sol também permite acalmar dentes e gengivas doridas. A razão está (entre outras) no facto de que a luz ultra-violeta (UV), possui propriedades bactericidas, ou seja, extermina bactérias (a radiação UV é, em realidade, usada como técnica de esterilização).

Acupressão e massagem na zona dorida: acupressão é simplesmente pressionar a zona dorida, a informação do frio e da pressão chegam mais depressa ao cérebro, daí reduzirem as dores. A massagem funciona

Um dente de alho com água: parta um dente de alho em 4 e engula com um copo de água como se fosse um comprimido, não sente o sabor e também alivia as dores de dentes.

Mitos da dor de dente

Não se deixe enganar por estes mitos, você pode causar ainda mais danos acreditando neles.

Colocar uma aspirina directamente no dente -se você quiser usar aspirina para ajudar a aliviar a dor de dente, tome-a com um copo de água. Não a coloque no dente ou na gengiva. O comprimido de aspirina não é um remédio tópico, tem de ser ingerido. Colocar a aspirina no local pode causar queimaduras graves na gengiva ou bochecha, que podem demorar de 4 a 5 dias para cicatrizar.

Se a dor desaparecer é porque o problema já não existe - a dor é um aviso de que existe algo de errado com o seu corpo, então não a ignore. A questão pode ser mais séria do que um problema dentário. Dor na mandíbula inferior, por exemplo, pode ser um sintoma de problema no coração.


referências:
www.paradisenow.net
http://saude.hsw.uol.com.br

Febres altas


A febre aparece de muitas maneiras e pode ter intensidades diferentes. Por isso, dos conselhos seguintes, deve seguir um mais intensivo se a febre for mais forte, ou, se for uma febre ligeira, apenas alguns dos conselhos mais simples funcionarão por certo. A febre é perigosa
porque prejudica a digestão "azedando" a comida no tubo digestivo. Em consequência o organismo não consegue retirar os nutrientes normalmente e tende a ficar desnutrido.
Quem tem febre tem a pele fria, suores constantes, mãos e pés frios, a pulsação acelerada e as funções do corpo não estão equilibradas.

Deixo alguns conselhos, mas os mais agressivos devem ser seguidos em casos de febres muito altas, sendo que, se forem utilizados em qualquer febre, mesmo menos intensa, claro que funcionam:

· Provoque o suor ao sol, se possível, ou, se não for possível, através de banhos de vapor. Mas só suar não basta, é preciso que a pele depois do banho não arrefeça, por isso, depois de cada banho de vapor deve-se agasalhar bastante.
· Faça um ou mais escalda-pés por dia, coloque os pés em água quente durante 3 minutos e em água fria 1 minuto.
· Faça uma compressa fria sobre o ventre renovando-as a cada 10 minutos.
· Tome 1 chávena de chá de folha-de-laranjeira, alho e mel 2 vezes por dia.
· Passe um pano molhado em água fria 6 vezes ao dia por todo o corpo.
· Jejuar ajuda a eliminar a febre, mas o corpo deve ser hidratado até para ajudar a eliminar as toxinas, logo, se beber bastante sumo natural de fruta ou verduras, ou água pura a cada 3 horas pelo menos.
· Ingira bastante limão (todos os citrinos ajudam, mas o limão, neste caso é o melhor).
· Tome banhos frios rápidos e de seguida esfregue pelo corpo algodão embebido em álcool.

Estes conselhos não anulam a necessidade de consultar um médico quando tem febre, pois pode ser um sintoma de inúmeras patologias completamente diferentes umas das outras.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Gordura no fígado (acerca do fígado ainda vão ser feitos mais artigos)

O fígado é um órgão que "não de queixa" tanto como os outros, e quando está mal tratado pela ingestão abusiva de alimentos gordurosos pode ser atacado por uma doença muita perigosa conhecida como gordura no fígado, e sendo uma doença silenciosa, assintomática, logo, é perigosa e pode ser mesmo até fatal. O excesso de gordura no fígado, mesmo sem ingestão alcoólica, pode causar cirrose e, em alguns casos, até mesmo cancro do fígado.

A mera presença de gordura excessiva no fígado não é um problema grave. O problema são os distúrbios subjacentes acima referidos, entre outros.

Conheça duas maneiras de evitar gordura no fígado:

  • Diminuir a ingestão de álcool (o álcool pode diminuir a actividade do metabolismo e secreção de gordura, levando à situação de fígado gorduroso);
  • Vigiar a dieta (desnutrição e dieta pobre em proteínas podem resultar em excesso de gordura no fígado).

Tratamentos caseiros através de remédios naturais:

- A maioria dos casos de excesso de gordura no fígado deve-se a obesidade. A redução gradual de peso no decorrer do tempo, reduzirá o aumento de tamanho do fígado.
Cozinhe umas 4 cebolas em um litro de água e durante o dia vai tomando esse chá durante um período de tempo superior a 30 dias. É um óptimo purificador.

- Reeducação alimentar, evitar alimentos gordurosos e/ou industrializados. As caminhadas, mesmo a estarem a passar de moda, são óptimas - no Oriente profundo, senhores com perto de 100 anos caminham SEMPRE depois das refeições alguns quilómetros(!!).

- O uso de berinjela, ajuda a diminuir o colesterol e reduz a acção das gorduras sobre o fígado.

- Em jejum pela manhã tome 250 ml de sumo de tomate, e ao longo do dia, além da alimentação mais cuidada, isenta de gorduras e açúcares em excesso, tome 3 chávenas de chá de alface (80g/litro de água) ou de cebola, como foi referido em cima.


- O uso da maçã excita a acção do fígado, levando-o a "trabalhar melhor".


Estes são alguns cuidados que se podem ter com a gordura no fígado, existem outros problemas de fígado que serão referidos em artigos posteriores a este.


referencias: ihaa.com

terça-feira, 14 de abril de 2009

Como lidar com a falta de sono

A verdade é que milhões de pessoas por todo o Mundo sofrem de problemas de sono. Nós todos vivemos vidas fatigantes e às vezes nós escolhemos abandonar o sono a fim de acabar o trabalho mais cedo ou passar apenas um pouco mais de tempo com a família. Isto pode parecer uma boa ideia, mas geralmente conduz a mais problemas e pode mesmo tornar-se num problema de insónia rapidamente.

Se tem problemas com dormir, use algumas das seguintes sugestões naturais para tentar dormir melhor.


1. Crie um ambiente melhor de sono para si mesmo

A falta do sono, ou a insónia, podem-se dever a muitos factores diferentes; o maior é provavelmente o seu próprio ambiente. Se dorme numa área que seja demasiado brilhante ou pequena, que tenha demasiado ruído, ou apenas pouco confortável, há uma possibilidade forte que seja o ambiente a causar a falta de sono. Dentro deste contexto, em seguida vêm descritos alguns conselhos:

• - certifique-se que o quarto onde dorme é completamente escuro. Um quarto escuro ajuda nossos corpos a produzir uma hormona chamada melatonina, que permite por sua vez que nós durmamos melhor.

• - se há muito ruído, use tampões nos ouvidos. São baratos e podem ser comprados facilmente.

• - assegure-se de que o quarto seja ventilado e de que forneça o ar adequado quando você descansar. O ar fresco significa o melhor sono.


2. Use ervas naturais

As ervas naturais, sob a forma de chás e óleos, são um dos melhores remédios para as pessoas que têm problemas com o sono. É simples e surpreendentemente fácil se usar. Você pode, facilmente, comprar estas ervas (chá e/ou óleo) em qualquer loja de produtos naturais, ou até mesmo em supermercados.

Como usar estas ervas naturais: Como você pode sem dúvida supôr, o modo de uso dos chás é o mais usual e fácil, sendo que dos mais aconselhados (cidreira, limonete, tília, ou camomila), o de camomila é o melhor. Uma chávena à noite ajuda efectivamente a lidar com a falta de sono.

Entretanto, os óleos podem realmente ser usados em 2 maneiras originais; ambos estão descritos abaixo:

• - adicione óleos naturais a um banho morno e faça um banho de imersão durante pelo menos 20 minutos (neste caso pode mesmo usar as plantas - folhas, etc - directamente na água quente, ao invés dos óleos.

• - coloque algumas gotas dos óleos naturais em um lenço e deslize-as dentro da sua cama.

O que método você decidir escolher -- lenço, banho, chá -- pode fazer efeito rapidamente, permitindo que você relaxe e durma muito mais facilmente.

Óleos recomendados para a insónia: camomila, passionflower, valeriana, lúpulos, cor-de-rosa, jasmim, bálsamo de limão, alfazema, eucalipto, entre outros.


2. Trate de si durante o dia

• - Levante-se cedo. Mesmo que ao início custe, vai ver que ao fim de alguns dias, começa a ter sono mais cedo do que costumava ser. O nosso metabolismo está preparado para dormir durante a noite e estar acordado durante o dia, logo, dormir de dia não nos dá o mesmo descanso que se for feito durante a noite.

• - Canse-se. Se chegar a casa cansado (seja qual for o tipo de cansaço), e com a sensação "de dever cumprido" (seja ao nível de trabalho, tarefas, estar com a família, saborear o jantar como uma acção de confraternização em família, etc), este conjunto provoca no nosso subconsciente, a sensação Real de cansaço, logo, o corpo vai ter mais facilmente necessidade de descanso.

• - Tente não levar os problemas para a cama. Descanse um pouco (um bocadinho de meditação antes de dormir pode fazer milagres) antes de se deitar, e tente esvaziar a cabeça dos pensamentos maus, e tente deitar-se com pensamentos bons. Se levar as preocupações para a cama, até pode dormir, e descansar o corpo, mas a cabeça, definitivamente, não vai descansar. Isto em suma quer dizer, entre outras coisas, que deve relaxar durante o dia, e, principalmente ao fim do dia, para de noite, ter, também um sono relaxado e relaxante.


Se tem problemas de insónia, pode dar a volta por cima com calma. Com pouca orientação e alguma informação contínua, você pode facilmente lidar com a sua desordem de sono, e melhorar muito o seu nível de qualidade de vida.

sábado, 28 de março de 2009

Manter as mãos macias e suaves

Para ter umas mãos hidratadas constantemente, pode usar um truque muito simples. Basta todas as noites, antes de deitar, espalhar um creme hidratante (de aloé vera, preferencialmente, ou até com a própria goma das folhas da planta) nas mãos e calçar umas luvas macias e justas (lã ou algodão) que permitam a pele respirar, e fixar o creme para actuar durante a noite. É um truque bastante fácil, mas com efeitos perfeitamente visíveis e eficazes.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Como combater o acne

Acne é a mais comum das desordens cutâneas. Afecta milhões, causa trauma para tanto a pele como para a auto-estima, e não há cura para a acne. No entanto, existem centenas de produtos, medicamentos, cosméticos e de procedimentos que podem ajudar a cicatrizar acne. Antes de recorrer a medidas drásticas, como o laser, tratamentos agressivos ou cirurgias, poderiam tentar uma abordagem natural. Pequenas mudanças estilo de vida podem ter muito impacto incidência na gravidade do acne.

Hábitos alimentares

O efeito da dieta sobre o acne tem sido fonte de debate ao longo dos séculos. Apesar de chocolate, batatas fritas, refrigerantes e outros conhecidos "inimigos" alimentares poderem, por si só, causar acne, uma dieta pouco saudável tem um impacto global sobre o estado do corpo, logo, também incluindo a pele.
A primeira mudança nos hábitos alimentares deve ser a quantidade de água ingerida ao longo do dia. Beber entre 1,5 litros e 2 litros por dia irá ajudar o corpo a "lavar" as toxinas e irá ajudar a hidratar, equilibrar e regular todos os sistemas do corpo. Assim como comer alimentos com muita água, como a fruta e legumes, ao longo do dia, terá um bom efeito no organismo. Adicionando fibras na sua dieta também irá limpar o aparelho digestivo, o que terá um impacto directo sobre a pele. Alimentos transformados ou alimentos gordurosos, cafeína, açúcares, farinhas brancas podem causar acumulação nos intestinos e cólon. Quando estes sistemas estão sujos ou entupidos, os poros da pele também irão ficar obstruídos, causando acne. Evitar açúcar, refrigerantes, pizzas, massas, pão branco, e produtos de pastelaria terá também um impacto visivelmente na tez, por serem alimentos que provocam um aumento de produção de insulina, ao actuarem ao nível hormonal. Uma dieta tratamento contra o acne inclui não só a manutenção de uma dieta saudável, mas também um estilo de vida saudável. Lidar com o stress, evitar o sol, muito descanso, e uma vida activa são todos parte de um estilo de vida saudável. Lembre-se que um desiquilíbrio no interior do corpo, quer fisicamente, emocionalmente, ou espiritualmente, reflectir-se-á sobre o exterior do corpo.

Pequenos hábitos diários

-Usar um esfoliante delicado na pele diáriamente, ou mesmo lavar a cara todas as noites simplesmente com sabão. A boa higiene, é sempre uma primeira arma contra agentes nocivos, quer a proteger, quer a combater.
-O óleo da árvore do chá mata as bactérias e combate as inflamações, logo combate o acne. Este óleo pode ser encontrado em lojas de produtos naturais.
-A acupunctura é usada por alguns para aliviar desequilíbrios hormonais no corpo. Já foi referido que algumas das causas do acne estão ao nível hormonal, daí, segundo alguns, tratamentos de acupuntura podem ajudar este problema.
-Espalhar todos os dias a goma de uma folha de aloé vera na cara. (Esta planta miraculosa terá um artigo especial sobre os seus ínumeros benefícios a nível interno e externo). Os benefícios deste cacto são ínumeros, e combater o acne é um deles. Se espalhar na cara, todos os dias, o liquido que está dentro das folhas carnudas do cacto, verá os resultados em pouco tempo. Hoje já é fácil encontrar estas plantas, e tendo uma em casa será como ter um estojo de beleza e um estojo de primeiros socorros num vaso bonito. Os melhores aloés vera para ter em casa (existem centenas de tipos) são os aloé vera tigrado, ou aloé barbadensis. São os mais comuns em casas de plantas.
-O uso excessivo de maquilhagem além de outros malefícios a longo prazo na pele, também podem causar acne.

quinta-feira, 19 de março de 2009

Benefícios do mel

Nem todos os açucares fazem mal ao organismo. Só alguns, especialmente os refinados, produzem efeitos desastrosos ao organismo.

Afinal, os produtos naturais, como açúcar mascavado, e o mel, além de saborosos são especiais, porque são poderosos aliados naturais da nossa saúde.

Hoje, iremos falar especialmente do mel que, com sua cor dourada, é como ouro para o nosso organismo. Na sua composição existem proporções equilibradas de proteínas e aminoácidos, enzimas, vitaminas (BI, B2, B3, B5,B6, E, K, Ae C).

Tudo isso sem falar nos sais minerais, substâncias muito importantes para o bom funcionamento do corpo.
Só para se ter uma idéia, no mel existem ainda: potássio, ferro, cobre, manganês, silício, cloro, cálcio, lítio, fósforo, alumínio, magnésio, enxofre e iodo.

Estudos mostram que o mel é um bom auxiliar no tratamento de doenças do coração, problemas pulmonares, de visão e até em tratamento de anemias.
Também contém um alto teor de fibras solúveis, funciona como regulador intestinal e facilitador da digestão.
Devido às suas propriedades antimicrobianas e anti-sépticas, também é muito utilizado para prevenir infecções e ajudar na cicatrização de feridas, aplicado directamente na infecção ou ferida, assim como ingerido. Além disso, o mel possui oligo-minerais (como selênio, manganês, zinco, crómio, alumínio) que contribuem para o bom funcionamento do nosso metabolismo.
É considerado também uma importante fonte de energia. A frutose presente no mel é guardada no fígado na forma de glicogênio para ser utilizada quando o organismo precisar.

Mas as propriedades e novidades não param por aí, tudo porque o mel é, ainda hoje, um dos poucos alimentos de reconhecida acção bactericida, não provoca cáries, sendo largamente empregado em inúmeros produtos farmacêuticos e medicinais.

Daí hoje se verem, não só produtos alimentares com mel, mas também produtos de beleza, pelas suas propriedades como acção bactericida, anti-séptica, cicatrizante e também revigorante. As suas propriedades adstringentes, suavizantes e antioxidantes tornaram o mel um grande sucesso em shampoos, condicionadores, sabonetes, máscaras para o rosto e muitos outros produtos. Pode ser um óptimo tratamento de pele mesmo usado no seu estado normal.

Por isso, e sempre com moderação (tudo deve ser feito com moderação), o uso do mel, além de nos dar o prazer do seu sabor agradável, também nos faz bem à saúde e à beleza.

referências: www.aservasmedicinais.com; http://pt.shvoong.com/medicine-and-health


segunda-feira, 16 de março de 2009

Ganhar peso de uma forma saudável

São muitos os que reclamam do excesso de peso e fazem dietas e exercícios para conseguirem emagrecer e manterem o peso desejado. Porém, é também expressivo o número de pessoas extremamente magras e que sonham em ganhar peso. O facto de se ser excessivamente magro, pode ser tão grave quanto a obesidade, trazendo complicações à saúde e ao bem-estar em geral.O problema da magreza, quando excessiva, pode ser tão grave quanto a obesidade, trazendo complicações à saúde e comprometendo a estética corporal. No caso de querer ganhar peso e massa muscular, alguns factores metabólicos também podem estar envolvidos, dificultando o ganho de peso. Factores hereditários, hábitos alimentares desenvolvidos desde a primeira infância, são também condicionantes do processo de ganho de peso ou de músculos, variando de acordo com o tipo de alimentação que faz. Desta forma, uma estratégia para ganhar peso é fazer uma dieta rica em calorias, ou seja hipercalórica. Contudo, é importante procurar não ingerir produtos ricos em calorias, mas com pouco valor nutritivo. O indicado é seguir uma dieta que, ao mesmo tempo que é hipercalórica, também fornece os nutrientes essenciais, vitaminas e sais minerais. Aumentar simplesmente a quantidade de alimentos que ingere, ou ingerir mais massas, doces e gorduras, não é o melhor caminho para ganhar peso saudavelmente. O consumo exagerado de gorduras e de hidratos de carbono pode ser perigoso, podendo elevar os níveis de gordura do sangue e predispor a problemas cárdio-vasculares.



Hábitos aconselhados:

  • Comer pequenas refeições frequentemente.
  • Incluir na dieta alimentos ricos em calorias.
  • Leite e iogurtes são muito importantes no fornecimento de cálcio, que ajuda a fortalecer os ossos.
  • Comer alimentos ricos em vitaminas D (óleo de fígado de bacalhau), vitaminas B6 (vegetais como os espinafres)
  • Cortar nos alimentos refinados que contêm farinha branca e açúcar.
  • Ter uma vida calma, relaxada, activa e muito saudável…
Alguns truques:


Batido de banana

Beber um batido de banana é uma forma muito eficaz de ganhar peso rapidamente.

Comer banana várias vezes ao dia

A banana é um fruto com propriedades únicas, que fazem com que o nosso corpo aumente de peso com mais facilidade. Coma bananas três vezes por dia, de seguida beba um copo de leite.

Combinar frutos com leite

A fruta fornece açúcares saudáveis ao nosso organismo, enquanto o leite é uma excelente fonte de proteínas.

Leite quente com mel

Além de ser uma receita caseira para dores de garganta e constipações em geral, também ajuda na sua missão de engordar saudavelmente.

Comer frutos secos

Comer passas e outros frutos secos (como figos) é também uma boa forma de aumentar de peso.

Os Benefícios do Alho

Não restam dúvidas acerca dos inúmeros benefícios do alho - é um antibiótico natural, que combate muitas infecções, baixa o colesterol, protege o coração e favorece a circulação. A cebola tem também muitas destas qualidades, mas é menos eficaz.
O alho é um vegetal da família liliacerae, encontrada na forma de raiz. Apresenta um bulbo, constítuido por vários dentes. É muito apreciado na culinária na forma cru ou cozido para dar sabor aos alimentos.
Sabe-se que o alho contém vitamina B 1, B 2 ,C , provitamina A, selênio e zinco, além de vários antibióticos naturais, agentes anticoagulantes e substâncias que controlam o colesterol.


O alho é originário da Ásia Central, e desde 1500 suas propriedades medicinais já eram conhecidas em diversos países.
Na antiga China e na Índia, era utilizado para diminuir a coagulação sanguínea, e no Egito e na Grécia era considerado afrodisíaco. No século XIX Luis Pasteur, grande químico francês, demonstrou as propriedades anti-sépticas do alho. Já antes, Nicholas Culpeper, ervanário do século XVII, referia que "o alho é remédio para todos os males e maleitas. Afasta e cura qualquer peste, ferida ou úlcera, apaga marcas e manchas da pele, acalma a dor de ouvidos. Também é bom para a icterícia, cãibras, convulsões e hemorróidas."
Nos últimos anos os cientistas começaram a estudá-lo mais intensamente.

O alho não é menos considerado nos dias de hoje. Tomado regularmente, cria no sistema imunitário uma grande resistência à infecção. Por ser antivírico, bactericida, anti-séptico e antibiótico, deveria integrar sempre a nossa alimentação, pelo menos quando nos sentimos em baixo de forma. Tomado em quantidade, por exemplo no início de uma constipação, pode ajudar a evitar o seu desenvolvimento. É um depurador poderoso e contém uma dose elevada de vitamina C, além de selénio, mineral antioxidante.
Para além de ter estes poderosos antioxidantes que combatem os radicais livres, o alho elimina eficazmente do organismo algumas das toxinas mais nocivas. Uma vez que tanto os radicais livres como as toxinas contribuem para o aparecimento de cancro, o alho é um poderoso aliado da nossa saúde.

Depurar e tonificar

As propriedades depuradoras do alho são extraordinárias. É uma antiga mezinha para os parasitas do estômago e intestinos, sendo ainda recomendado, tal como a cebola, para o alívio de perturbações respiratórias. Tem acção descongestionante em caso de catarro, bronquite e asma, e também purifica e tonifica o fígado de forma invulgarmente eficaz.
O alho é ainda conhecido pelo bem que faz ao coração e à circulação. Consegue combater a hipertensão arterial - contém alicina, substância que dilata os vasos sanguíneos e reduz a formação de coágulos -, assim como o colesterol. Torna o sangue menos espesso, ajudando a melhorar a circulação e a prevenir a doença coronária. Ao ser eliminada através dos pulmões, intestinos, pele e aparelho urinário, a alicina vai eliminando as toxinas de todos estes órgãos.
O enxofre que o alho contém parece ajudar a eliminar as toxinas do fígado e a inibir o aparecimento de tumores.

Benefícios

* Combate as constipações e infecções virais;

* Actua como antibiótico natural;

* Ajuda a melhorar a circulação;

* Reduz os níveis de colesterol;

* Tonifica e limpa o fígado;

* Contribui para a excreção de parasitas;

* Reforça o sistema imunitário;

A quantidade de alho a ser consumida para se obter algum benefício à saúde ainda não foi determinada. Alguns médicos alemães receitam 4 gramas, ou o equivalente a 2 dentes, diariamente, para tratar da hipertensão ou do colesterol elevado.

Apesar de diversos estudos mostrarem os benefícios do alho à saúde e de ser uma especiaria muito atractiva, se utilizado em doses muito elevadas, pode produzir dor de cabeça, dor no estômago, nos rins, cólicas, vómitos. diarreias e tonturas.
Portanto, o uso do alho com moderação, é um factor importante para que ele seja benéfico.

referências - www.sitemedico.com.br; www.seleccoes.pt; www.findyourself.com.br

domingo, 15 de março de 2009

Colesterol - armas naturais

Nutrientes que ajudam a combater - Vitamina C, vitamina E, e cálcio.

Como lidar com alguns alimentos:

Gordura - principalmente as saturadas, as polinsaturadas até podem ajudar a reduzir o colesterol no sangue. Exemplo de alimentos com gorduras saturadas são a carne, o queijo, manteiga, óleos alimentares, etc, pelo que devem ser usados com muita moderação ou substituídos por peixe, carne branca, lacticínios magros, e polinsaturados como os óleos de milho,de girassol, e especialmente azeite, soja e açafrão, são outros polinsaturados que podem ser utilizados na alimentação para combater o colesterol.

Ovos - Não é necessário cortar os ovos da dieta, se não comer mais do que três ovos por semana, não está a prejudicar a sua saúde. E, como apenas a gema tem colesterol, das claras podemos abusar à vontade, o que quer dizer, por exemplo, que podemos fazer uma omelete com um ovo e várias claras, ficando com uma omelete maior sem aumentar o nível de colesterol.

Feijões - Pode abusar. Os feijões e outros legumes contêm, pectina, que rodeia o colesterol, acompanhando-o até fora do corpo, antes que cause problemas. Isto aplica-se a todos os tipos de feijão.

Fruta - Coma o máximo possível. Também contêm pectina, daí os benefícios atrás referidos. Convém comer várias frutas diferentes ao longo do dia, porque as caracteristicas gerais variam de fruta para fruta. Uma peça de fruta de manhã, outra ao almoço, e outra ao jantar, é o mínimo aconselhavel a uma dieta equilibrada.

Aveia - Os conhecidos "flocos de aveia" e as "papas de aveia", o farelo de aveia cozinhado como cereal ou dissolvido na sopa, por exemplo, ajudam a baixar o colesterol de uma forma significativa.

Milho - No formato de broa ou pão, ou em farelo, usado como o farelo de aveia, diminuem igualmente os niveis de colesterol.

Cenouras - Também contêm pectina, daí serem uma optima ajuda com este incómodo. Segundo alguns estudos, bastam duas cenouras por dia, para, ao fim de algumas semanas, o colesterol ter baixado até 20%. As couves, os bróculos e as cebolas contêm igualmente o ingrediente responsável pelo êxito das cenouras (pectato de sódio), por isso, produzem efeitos semelhantes.

Alho - Apesar do não ser muito agradável, comer um alho CRU todos os dias consegue produzir um efeito enorme ao nível do colesterol (assim como em muitas outras coisas, por isso o alho vai ser o assunto de um dos meus próximos artigos). Mas atenção, deve ser ingerido cru, ou no máximo, cozido.

Café - O ideal é cortar mesmo no café. Mas para quem não consegue viver sem beber café deve preferir o café de filtro ao de máquina, é substancialmente menos prejudicial.

Chá - O chá contém tanino, que é uma substância que ajuda a baixar o colestrol (foi já referido no artigo acerca dos beneficios do chá).

Cevada - Pelos seus componentes químicos a cevada pode ter o mesmo potencial de diminuição do colestrol da aveia, ou até, segundo alguns estudos, com efeitos ainda mais visíveis.

Farelo de arroz - Assim como o farelo de aveia, pode reduzir o colestrol. (O seu uso e demais benefícios também serão abordados em breve).

Carvão vegetal activado - Minociosamente moída, esta substância, que normalmente é tomada para aliviar os gases, agarra-se às moléculas de colesterol no corpo e acompanha-as até ao exterior. Segundo alguns, sete gramas desta substância, três vezes por dia, durante quatro semanas, pode reduzir até 40% os níveis de colesterol.

Outras armas naturais no combate ao colesterol:

Controle o seu peso - Peso excessivo é normalmente sinónimo de elevados níveis de colesterol, daí dever controlá-lo. Uma dieta equilibrada deve ser composta por dois terços de fruta, legumes, cereais, e cevada integral. Apenas um terço das calorias deve vir de carne ou productos lácteos, normalmente ricos em gorduras e calorias.

Faça exercício - O exercício físico ajuda a libertar gorduras, logo também ajuda a reduzir o colesterol. Além de que, assim como fazer massagens, ou Yoga, ajuda o metabolismo do corpo a funcionar melhor, logo, também a lidar melhor com o excesso de colesterol.

Não fume -Já se perderam as contas aos estudos sobre os malefícios dos cigarros. O ideal é mesmo não fumar. Ou pelo menos fumar o mínimo adequado ao seu peso, um cigarro por cada 10 Kgs (por exemplo, uma pessoa, saudável claro, com 70 Kgs, pode fumar 7 cigarros por dia que o metabolismos consegue "limpar" as suas tóxinas com as suas armas naturais. Isto não se verifiva para pessoas com excesso de peso, porque isso por si já é sinal de problemas (potenciais ou reais) de saúde.

E por fim... relaxe, simplesmente - Basta o simples acto de relaxar para baixar os níveis de colesterol. Segundo um estudo realizado em New Hampshire, por uma enfermeira clínica especializada (Margaret A. Carson), os doentes cardíacos que ouviam música de relaxamento várias vezes ao dia, baixavam os níveis de colesterol bastante mais do que os pacientes que apenas liam para se distrair. Por isso, não se esqueça de ouvir música que faça relaxar, também assim está a ajudar o seu corpo a lutar contra o colesterol.

quarta-feira, 11 de março de 2009

Benefícios do propólis

Propolis – O antibiótico da mãe natureza

O Propolis é uma substância produzida pelas abelhas, a partir de substâncias de origem resinosa que estas colhem do pólen e das árvores, sendo posteriormente misturadas com secreções da própria abelha. Desta mistura, resulta uma substância rica em aminoácidos, vitaminas e bioflavonóides com um poderoso efeito antioxidante e uma acção anti-bacteriana/antibiótica.
É usado para vedar e isolar a colmeia do frio, embalsamar insectos ou outras abelhas intrusas. A sua propriedade mais interessante, proveniente da sua resina, reside no facto de eliminar todos os microorganismos e outros agentes infecciosos que entrem em contacto com a colmeia, mantendo os favos em condições de assepsia.
Desde há aproximadamente 2000 anos, que vários povos se aperceberam dos benefícios do Propolis, canalizando-os no sentido de melhorar a sua própria saúde.
Recentemente, estudos mais profundos e credíveis, têm confirmado os seus benefícios, que passamos a citar:

Acção anti-bacteriana, anti-fúngica e anti-viral
Vários trabalhos realizados com o Propolis confirmam a sua poderosa acção anti-bacteriana, sendo por isso que este é designado por antibiótico natural, chegando mesmo a ser baptizado por investigadores Russos de penicilina.

A grande vantagem do Propolis em relação aos antibióticos comuns, é que este, ao contrário dos ditos antibióticos, actua somente destruindo as bactérias nocivas, preservando as benéficas, como é o caso das bactérias da flora intestinal. Por outro lado, os trabalhos publicados, indicam que as bactérias não criam resistência ao Propolis, como acontece com os antibióticos sintéticos, impedindo que estas se tornem ainda mais nociva, perigosas e resistentes ao antibiótico.

É muito eficaz no combate, de bactérias como a Salmonella e Helicobacter pylori entre outras. A sua acção estende-se ainda a fungos como a Candida albicans e vírus como o do herpes e de gripe; daí, a sua maior utilização nas épocas mais frias como meio preventivo do aparecimento de gripes, constipações, pneumonias, resfriados e afecções do aparelho respiratório.
Função imunoestimulante
Vários trabalhos revelam a acção do Propolis no que concerne ao fortalecimento do sistema de defesa do nosso organismo - o sistema imunitário. Para além do seu efeito anti-microbiano, o facto de estimular as células imunitárias, torna o Propolis um potente agente anti-infeccioso.
Combate os radicais livres
Os radicais livres são compostos altamente agressivos e muito prejudicais ao organismo humano. A melhor forma de combatê-los, é através da acção dos antioxidantes. O Propolis possui uma acção antioxidante, preservando a acção da vitamina C - um potente antioxidante anti-envelhecimento.
Benefícios no tracto respiratório
A utilização do Propolis mostrou ter uma acção benéfica como coadjuvante no tratamento das afecções da boca e do tracto respiratório superior no caso das gripes, constipações, asma, bronquites, amigdalites, rinites, faringites, catarro e excesso de expectoração.
Função cicatrizante e regeneradora dos tecidos
Devido à sua capacidade de cicatrização e regeneração dos tecidos, o Propolis mostra-se eficaz no tratamento de dermatites, feridas, úlceras varicosas e queimaduras.
Alívio de dores, na boca e oro-faringe
A sua função anestésica a nível bocal, fazem do Propolis um excelente suplemento no combate a afecções dentárias, amigdalites, dores de garganta, dores de dentes, entre outras.
Outros benefícios
Para além deste variado leque de acções, o Propolis é ainda usado como coadjuvante no tratamento de úlceras gástricas, infecções intestinais, infecções urinárias e inchaços.


Revista EcoNews Nº 7

terça-feira, 10 de março de 2009

25 curas (pouco conhecidas) do chá verde

1. Cancro

O chá verde ajuda a reduzir o risco de cancro. O antioxidante no chá verde é 100 vezes mais efectivo que a vitamina C e 25 vezes melhor que a vitamina E. Este ajuda o corpo a proteger as suas células dos danos que se associam ao cancro.

2. Enfermidades Cardíacas

O chá verde ajuda a prevenir enfermidades do coração e derrames cerebrais ao reduzir o nível de colesterol. Mesmo depois de um ataque de coração, previne a morte das células e acelera a sua recuperação.

3. Anti envelhecimento

O chá verde contém antioxidantes conhecidos como polifenóis que atacam os radicais livres. O que significa que ajuda a combater os efeitos do envelhecimento e promove a longevidade.

4. Perda de peso

O chá verde ajuda a que o corpo perca peso. Queima a gordura e é um estimulante natural do metabolismo. Pode ajudar a queimar até 70 calorías por día, o que se traduz em 3.17 kg por ano.

5. A Pele

O antioxidante do chá verde protege a pele dos efeitos nefastos dos radicais livres, que são os causadores das rugas e o envelhecimento da pele. O chá verde também ajuda na luta contra o cancro da pele.

6. Artrites

O chá verde ajuda a prevenir e a reduzir o risco de artrite reumatóide. Tem um grande benefício para a saúde, protege as cartilagens bloqueando as enzimas que as destroem.

7. Ossos

A chave é o seu alto conteúdo de flúor que ajuda a manter os ossos fortes. Ao beber chá verde, em cada día, ajuda a preservar a densidade óssea.

8. Colestrol

O chá verde ajuda a reduzir o nível de colestrol.

9. Obesidade

O chá verde ajuda a prevenir a obesidade ao deter o movimento da glucose nas células gordas. Quem siga uma dieta sã, faça exercício regularmente e beba chá verde, é muito pouco provável que chegue a ser obeso.

10. Diabetes

O chá verde melhora o metabolismo em relação aos lípidos e à glucose, e previne os súbitos incrementos do nível do açúcar no sangue, equilibrando o metabolismo geral.

11. Alzheimer

O chá verde ajuda a fortalecer a memória. Enquanto não se conhece cura para a doença de Alzheimer, o chá verde ajuda a diminuir o processo de redução de acetilcolina no cérebro, que é o que provoca a doença.

12. Parkinson

Os antioxidantes no chá verde ajudam a prevenir o dano celular no cérebro, que é uma das causas da doença de Parkinson. Em quem toma chá verde regularmente é muito pouco provável que se desenvolva esta doença.

13. Enfermidades Hepáticas

O chá verde ajuda a prevenir as falhas de transplante de fígado em pessoas com disfunções hepáticas.

14. Alta Pressão sanguínea

O chá verde ajuda a prevenir a alta pressão sanguínea. Beber chá verde ajuda a reduzir a pressão sanguínea ao reprimir a angiotensina, que faz elevar a pressão sanguínea.

15. Envenenamento por alimentos

A catequina que se encontra no chá verde pode matar as bactérias que causam o envenenamento por alimentos e destrói as toxinas produzidas por estas bactérias.

16. Açúcar no Sangue

O açúcar no sangue tende a aumentar com a idade, mas os polifenóis e os polisacáridos no chá verde ajudam a reduzir o nível de açúcar no sangue.

17. Imunidade

Os polifenóis e flavonoides que se encontram no chá verde ajudam a estimular o sistema imunológico, fortalecendo a saúde na sua luta contra as infecções.

18. Gripe e Resfriados

O chá verde ajuda a evitar a gripe e os resfriados.
A vitamina C do chá verde ajuda ao tratamento do resfriado e da gripe comum.

19. Asma

A Teofilina do chá verde relaxa os músculos que suportam os brônquios, reduzindo a severidade da asma.

20. Infecções dos ouvidos

O chá verde é uma grande ajuda para combater o problema de infecções de ouvidos. Para uma limpeza natural dos ouvidos, empapar uma cotonete em chá verde e limpar o ouvido infectado.

21. Herpes

O chá verde incrementa a efectividade do tratamento dos interferons para a Herpes. Primeiro aplica-se uma compressa de chá verde e logo se deixa secar a pele antes de aplicar o tratamento de interferon.

22. Cáries

O chá verde destrói as bactérias e vírus que causam muitos dos problemas dentários. Também reduz o crescimento de bactérias que provocam o mau hálito.

23. Stress

A L-teanina, que é um tipo de aminoácido que se encontra no chá verde, pode ajudar a reduzir o stress e a ansiedade.

24. Alergias

O EGCG que se encontra no chá verde combate as alergias. Então, se existem alergias, deve considerar-se seriamente o beber chá verde com regularidade.

25. HIV

Os cientístas do Japão descobriram que o EGCC (Epigallocatechin Gallate) do chá verde pode ajudar a reduzir o ataque do VIH às células saudáveis do sistema imunológico. O que isto significa é que o chá verde pode ajudar a deter a expansão do HIV pelo resto do corpo.