Saúde e natureza

O nosso cabelos, unhas e pele reflectem nossa saúde. Quando
nos alimentamos de uma forma inadequada a nossa saúde é
prejudicada, por isso uma alimentação saudável é a fonte da saúde e da juventude, ou pelo menos o retardamento da velhice.
A felicidade também está ligada à saúde. Não é raro observarmos que uma pessoa mal humorada e infeliz, normalmente está com algum problema de saúde, podendo ser do estômago,
intestinos, dores de cabeça, problemas de pele, etc... Esta pesquisa pretende encontrar soluções na natureza para problemas de saúde, assim como promover e conhecer os benefícios de plantas e outros produtos e receitas naturais.

segunda-feira, 16 de março de 2009

Os Benefícios do Alho

Não restam dúvidas acerca dos inúmeros benefícios do alho - é um antibiótico natural, que combate muitas infecções, baixa o colesterol, protege o coração e favorece a circulação. A cebola tem também muitas destas qualidades, mas é menos eficaz.
O alho é um vegetal da família liliacerae, encontrada na forma de raiz. Apresenta um bulbo, constítuido por vários dentes. É muito apreciado na culinária na forma cru ou cozido para dar sabor aos alimentos.
Sabe-se que o alho contém vitamina B 1, B 2 ,C , provitamina A, selênio e zinco, além de vários antibióticos naturais, agentes anticoagulantes e substâncias que controlam o colesterol.


O alho é originário da Ásia Central, e desde 1500 suas propriedades medicinais já eram conhecidas em diversos países.
Na antiga China e na Índia, era utilizado para diminuir a coagulação sanguínea, e no Egito e na Grécia era considerado afrodisíaco. No século XIX Luis Pasteur, grande químico francês, demonstrou as propriedades anti-sépticas do alho. Já antes, Nicholas Culpeper, ervanário do século XVII, referia que "o alho é remédio para todos os males e maleitas. Afasta e cura qualquer peste, ferida ou úlcera, apaga marcas e manchas da pele, acalma a dor de ouvidos. Também é bom para a icterícia, cãibras, convulsões e hemorróidas."
Nos últimos anos os cientistas começaram a estudá-lo mais intensamente.

O alho não é menos considerado nos dias de hoje. Tomado regularmente, cria no sistema imunitário uma grande resistência à infecção. Por ser antivírico, bactericida, anti-séptico e antibiótico, deveria integrar sempre a nossa alimentação, pelo menos quando nos sentimos em baixo de forma. Tomado em quantidade, por exemplo no início de uma constipação, pode ajudar a evitar o seu desenvolvimento. É um depurador poderoso e contém uma dose elevada de vitamina C, além de selénio, mineral antioxidante.
Para além de ter estes poderosos antioxidantes que combatem os radicais livres, o alho elimina eficazmente do organismo algumas das toxinas mais nocivas. Uma vez que tanto os radicais livres como as toxinas contribuem para o aparecimento de cancro, o alho é um poderoso aliado da nossa saúde.

Depurar e tonificar

As propriedades depuradoras do alho são extraordinárias. É uma antiga mezinha para os parasitas do estômago e intestinos, sendo ainda recomendado, tal como a cebola, para o alívio de perturbações respiratórias. Tem acção descongestionante em caso de catarro, bronquite e asma, e também purifica e tonifica o fígado de forma invulgarmente eficaz.
O alho é ainda conhecido pelo bem que faz ao coração e à circulação. Consegue combater a hipertensão arterial - contém alicina, substância que dilata os vasos sanguíneos e reduz a formação de coágulos -, assim como o colesterol. Torna o sangue menos espesso, ajudando a melhorar a circulação e a prevenir a doença coronária. Ao ser eliminada através dos pulmões, intestinos, pele e aparelho urinário, a alicina vai eliminando as toxinas de todos estes órgãos.
O enxofre que o alho contém parece ajudar a eliminar as toxinas do fígado e a inibir o aparecimento de tumores.

Benefícios

* Combate as constipações e infecções virais;

* Actua como antibiótico natural;

* Ajuda a melhorar a circulação;

* Reduz os níveis de colesterol;

* Tonifica e limpa o fígado;

* Contribui para a excreção de parasitas;

* Reforça o sistema imunitário;

A quantidade de alho a ser consumida para se obter algum benefício à saúde ainda não foi determinada. Alguns médicos alemães receitam 4 gramas, ou o equivalente a 2 dentes, diariamente, para tratar da hipertensão ou do colesterol elevado.

Apesar de diversos estudos mostrarem os benefícios do alho à saúde e de ser uma especiaria muito atractiva, se utilizado em doses muito elevadas, pode produzir dor de cabeça, dor no estômago, nos rins, cólicas, vómitos. diarreias e tonturas.
Portanto, o uso do alho com moderação, é um factor importante para que ele seja benéfico.

referências - www.sitemedico.com.br; www.seleccoes.pt; www.findyourself.com.br

1 comentário:

Rute disse...

Para alem dos malefícios referidos apresento outro relativamente a pessoas que têm dificuldade na coagulação sanguínea, pois como está referido neste blog, uma das propriedades do alho é precisamente a diminuição da coagulação sanguínea. Assim sendo estas pessoas devem ter cuidado com o consumo do alho.